segunda-feira, 10 de abril de 2017

Day By Day #1



10 de abril de 2017
Lava-te alma nas tuas lágrimas, que tão poucas te pertencem e que tão pouco te lavam. Não és quem desejas e muito menos de quem te orgulhas. Se chorasses de verdades nos momentos que achas necessários, chorarias sangue e libertar-te-ias da dor que te assombra há mais de um ano.
Pareces tão fraca daqui, parece que gostas de estar no chão onde todos te pisam. Qual é a sensação? Parece que morres por dentro, que gritas no silêncio e que choras debaixo de água.
Não prestas, como é que alguém te suportaria? A quem tu darias alento quando ele ou ela precisasse? Essa tua cara estranha, cheia de adolescência, cheia de irregularidades que tu mesma notas. Esse cabelo comprido sem graça, que nem tu sabes qual é a textura dele e a cor tão vulgar como aquelas que todos os dias passam por ti. Esse corpo magro e sem aspeto de gente.
Achas que a tua dor ninguém acalma, estás certa. Já tentas deslizá-la na pele, tentar pensar o que existe para além, queres ser diferente e fazer a diferença. Tentas… Queres ser notada e amada, mas nunca conseguirás.

Lava-te na tua dor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Apenas Uma Garota Estranha - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Claire Hampton.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo