sábado, 14 de março de 2015

Nevertheless



Leia ouvindo Ellie Goulding – Love Me Like You Do

Dias infinitos na frente do espelho
Sem saber muito bem o que estava lá fazendo
Você sabe? Você pode- me dizer o que há na mente que me impede de seguir rumo?
Talvez uma parte de mim que desconheça
Há coisas que eu quero muito saber.

Eu nunca fui um diamante, nem brilhei perante o medo
Nunca me senti o suficiente para alguém, muito menos para mim
Senti as minhas dores sem ninguém por perto
Senti o medo e o guardei no fundo no meu coração preenchido com cicatrizes
Tentei caminhar na minha solidão, só que eu nunca fui corajosa
Nunca encontrei uma luz no vazio do escuro

Mas mesmo assim, você me disse que se cegou com o meu brilho
Que seria a única a arrepiar a sua pele e a acelerar o seu coração
Me disse que qualquer mulher se sentiria inferior a mim, porque não sabia os limites da capacidade da beleza possível
Nunca me questionou por educação se estava bem, me questionou por preocupação
Eu consegui transparecer as minhas dores mais profundas, porque parecia estar com a minha 2ª parte
Enquanto você me deixava desabar e depois me reerguia tão alto como o Empire State
Os meus medos já eram conhecidos por si, parecia que a minha alma era lida constantemente.
Você me deu a mão e dançou comigo na minha solidão, enquanto me encorajava
E agora eu sei que você é a luz que tanto ansiava um dia encontrar
Mesmo assim…

Apareceu e me encarou por milésimos de segundos, isso doeu em mim
Sorriu para mim durante segundos, afastei o meu cabelo e baixei a cabeça para rir
Conversou comigo durante horas, isso me pôs nervosa, você nunca esteve tão próximo de mim
E agora? Mesmo assim, estaremos abraçados por anos
Não ficarei a pensar em erros futuros, eles poderão nos estragar.

Mesmo assim, as minhas lágrimas foram enxaguadas com carinho
Mesmo assim, me segurou à beira de uma loucura
Mesmo assim, me abraçou por nenhum motivo aparente

Enquanto você me deixava desabar e depois me reerguia tão alto como o Empire State
Os meus medos já eram conhecidos por si, parecia que a minha alma era lida constantemente.
Você me deu a mão e dançou comigo na minha solidão, enquanto me encorajava
E agora eu sei que você é a luz que tanto ansiava um dia encontrar
Mesmo assim…

O que estamos esperando? Nossas vidas acabarem?
Prometa algo que seja louco e impossível, porque nós começamos de uma loucura.

Mesmo assim.

2 comentários:

  1. Amei, amei, amei...
    http://vidaparaela.blogspot.com.br/2015/04/sumi-ne.html

    ResponderExcluir

© Apenas Uma Garota Estranha - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Claire Hampton.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo